Em maio de 2014 comemoramos nossos 78 anos. Nossos 78 anos significam que, a partir da reunião do Supremo Concílio de 1936 houve a decisão de chamar todas as sociedades domésticas de jovens e as que viriam a se organizar, de União de Moços Presbiterianos – UMP. (Digesto Presbiteriano 1882-1942, pg. 20).

Em 1938 foi criada a Secretaria Geral da Mocidade, sendo o nosso primeiro Secretário o Rev. Benjamin Moraes (Digesto Presbiteriano 1882-1942, pg. 20).

Em 1946 outras denominações já haviam organizado seus órgãos nacionais e nos também o fizemos quando, em fevereiro, no Primeiro Congresso Nacional da Mocidade Presbiteriana, foi organizada a Confederação da Mocidade Presbiteriana – CMP, cujo primeiro presidente foi o jovem Tércio Epêneto Emerique.

A Mocidade Presbiteriana cresceu, a CMP esteve em todos os Estados onde existiam UMPs organizadas, colaborou na criação de Federações Presbiteriais, publicou o jornal “Mocidade” e realizou Mais quatro congressos nacionais até que, em 1960, foi extinta a CNM e desativado o seu jornal.

A juventude presbiteriana ficou triste, tirou o pé no acelerador, mas não se acabou. Em diversos pontos do Brasil houve real crescimento, foram organizadas Confederações Sinodais, e em 1986 – depois de 26 longos anos de trabalho e grandes lutas, foi reorganizada, capitaneados por Sinodais do Rio, a Confederação, recebendo o novo nome: Confederação Nacional de Mocidade.

Sociedades Internas

Pessoas On-line

Temos 8 visitantes e Nenhum membro online